DIREITO
À CIDADE versus
SEGREGAÇÃO E
DESENCONTRO
faça download clicando na capa do livro

Assinados pelos pesquisadores Ana Lúcia Rodrigues, Naiara Almeida, Domingos Trevizan, Pollyana Machiavelli, Caroline Pagamunici, Hebert de Paula Villela, Priscila de Almeida Souza, Ingrid Spagnol Pereira e Josivaldo Souza, as dissertações de mestrado apresentadas no livro foram orientadas pela professora doutora Ana Lúcia Rodrigues, coordenadora do Observatório até agosto, mês em que, depois de 15 anos à frente do importante núcleo de pesquisa da Universidade Estadual de Maringá (UEM) passou a direção ao professor William Borges.

O eixo central dos trabalhos relaciona-se com o direito à cidade e à forma de ocupação do polo da RMM, caracterizado por segregação e consequente “descoesão” social, processo chamado no livro de desencontros. “A falta de espaço de convivência entre as diferenças, a falta da vizinhança heterogênea, como se caracterizam os condomínios fechados, é muito ruim pra coesão social que precisamos pra manter processos de integração, de organizações comunitárias, relações de vizinhança”, explica Ana Lúcia, que assina a organização do livro juntamente com Naiara Almeida. O professor doutor Paulo Roberto de Souza assina o prefácio da obra.

Capa livro.jpg

Mais publicações observatório das metrópoles

Boletim Metrópole

Expediente

Coordenação Editorial: Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro
Jornalista Responsável: Breno Procópio
Traduções: Daphne Besen
Desenvolvedor: Arthur Molina

© 2016 por Observatório das Metrópoles Núcleo UEM/Maringá. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now